Camoes 

 

Camões e a Viagem Iniciática

 

Helder Macedo

 

Os mais atentos leitores e estudiosos de LUÍS DE CAMÕES conhecem bem o arrojo e a ousadia destes ensaios sobre a épica e a lírica do poeta, que tiveram primeira edição em 1980, na Moraes, e desde então constam de qualquer  bibliografia  sobre  o  tema.  Acrescentados  de  um  olhar,  inédito,  sobre as irreverentes Cartas, que  assim  completa  o  retrato  fulgurante  que  o  ensaísta,  e  professor  do  King’s  College,  Helder  Macedo soube construir, foram reeditados este ano no Brasil, pela Móbile, e são agora postos à disposição entre nós  para  que  melhor  se  perceba  o  quanto  de  vanguarda  transporta  o  clássico  dos  clássicos. 

«A peregrinação  registada  na  sua  obra  aponta  para  qualquer  coisa  de  tão  indefinível,  mas revolucionariamente tão moderno, quanto é o direitoà felicidade na terra. “Contentei-me com pouco” – disse  este  “homem  de  natureza  terrível”  para  quem  até  o  excesso  sempre  foi  pouco  –  “só  por  ver  que cousa era viver ledo”.» Porque estes rostos do poeta – o épico, o lírico e o iconoclasta – são indissociáveis e significativos por igual, a edição possui três capas distintas, a partir de retratos de André Carrilho.

 

Mais informação.

 

Edição #17

 

Lisboa, Outubro 2013


Capa e logótipo convidado André Carrilho
Revisão Raul Henriques


Composto em caracteres Simoncini Garamond
e Stempel Schneidler sobre Coral Book White 80 g.
Capaem Cartolina chromocard 260 g.
Tiragem 400 exemplares x 3 capas 


ISBN 978-989-8688-03-3
14 x 20 cm
128 págs.

 

14,40 € (desconto de 10% sobre o PVP 16 €)

 

 

Veja como encomendar.